Quem pedir o Auxílio Emergencial agora, quantas parcelas irá receber?

Home / Artigos / Quem pedir o Auxílio Emergencial agora, quantas parcelas irá receber?

Quem pedir o Auxílio Emergencial agora, quantas parcelas irá receber?

Antes de mais nada, é bom você saber que pedir o auxílio de R$ 600, é seu direito até 03 de julho, o ruim, é a demora para receber.

Muita gente ainda espera o resultado da análise do pedido. Mas muitos ficaram sem saber quantas parcelas vão receber do benefício, quando for aprovado. Bom, até o momento, quem for aprovado só terá direito a primeira parcela, já que ainda não foi divulgado o calendário da segunda parcela.

Mas, se você for aprovado agora, quantas parcelas irá receber?

Bom, quem for aprovado agora, terá direito as 3 parcelas. Mesmo quem ainda não pediu terá direito ao auxílio de R$ 600, e receberá o mesmo número de parcelas.

Segundo o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, todos os brasileiros que pedirem o Auxílio Emergencial até o dia 03 de julho e tiverem o cadastro aprovado ganharão as 3 parcelas.

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães.

“Ninguém precisa se preocupar porque todos os que forem aprovados receberão as três parcelas”, disse Guimarães.

Ele também afirmou, que até agora, 94% já fizeram o saque e também acrescentou que o governo deve enviar ainda por esses dias, o resultado de 17 milhões de cadastros que foram analisados, para a Caixa. Entre eles, estão os que foram considerados inconclusivos por algum motivo, no total, foram 15,5 milhões de pessoas.

Aguardando processamento estão 5,2 milhões de brasileiros. “Já pagamos 50 milhões e temos ainda mais alguns que virão desta análise que a Dataprev e o Ministério da Cidadania irão enviar à Caixa”, afirmou.

“Vamos começar o pagamento, e talvez terminar, nesta semana, mas, certamente, não serão [beneficiados] todos os 17 milhões”, informou.

Diante dos parlamentares, foi relacionado quem já foi aprovado no Auxílio Emergencial: 9,2 milhões são beneficiários do Bolsa Família; 10,5 milhões estão inscritos no CadÚnico (cadastro de pessoas em situação de pobreza ou extrema pobreza); E, por fim, 20,3 milhões fizeram o pedido por meio do aplicativo ou do site da Caixa. Do total de 96,9 milhões de pedidos de Auxílio Emergencial, 26,1 milhões foram negados (12,1 milhões via aplicativo, 13,3 milhões do CadÚnico e 700 mil do Bolsa Família).

Fonte: Jornal Contábil .

Start typing and press Enter to search

Open chat
1
Olá!
Podemos te ajudar?
Clique na seta abaixo para iniciar uma conversa