Meirelles não descarta aumento de impostos

Home / Notícias Selecionadas / Meirelles não descarta aumento de impostos

Meirelles não descarta aumento de impostos

Elevação na cobrança de impostos é uma das ferramentas disponíveis na equipe econômica para que o governo cumpra a meta fiscal

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, confirmou que o aumento de impostos é uma das ferramentas disponíveis na equipe econômica para que o governo cumpra a meta fiscal.

“Se for necessário aumentar imposto, terá aumento. Se for necessário contingenciar gastos ainda mais, será contingenciado”, disse em entrevista após reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES).

“O que prevalece é o nosso compromisso com uma meta de R$ 139 bilhões de déficit primário”, afirma. “O que nós temos de fazer é cumprir a meta. Faremos o que for necessário até, no limite, aumentar os impostos”.

Meirelles reconheceu que a carga tributária é elevada no Brasil e eventual aumento da carga de impostos teria de ser feita com muita responsabilidade.

Questionado sobre a possibilidade revisão da meta fiscal em 2017, Meirelles rechaçou essa hipótese. O ministro disse que o governo tem tomado mediadas necessárias para cumprir a meta, como redução de despesas e, no limite, pode até adotar aumento de imposto.

Diante desse cenário, o ministro nega a hipótese de revisão da meta. “Se a tendência (de crescimento) fosse mantida, o déficit primário seria de R$ 280 bilhões em 2017. Então, estamos cortando isso pela metade”, diz.

 

PIS/COFINS

Ainda de acordo como o ministro, a área econômica entregará ao presidente Michel Temer em até 30 dias uma proposta de reforma do PIS/Cofins.

Ainda não está definido o formato da reforma: se as mudanças serão feitas ao mesmo tempo ou se serão enviadas uma medida provisória para reformar cada tributo.

 

Fonte: Siga o Fisco

Start typing and press Enter to search

Open chat
1
Olá!
Podemos te ajudar?
Clique na seta abaixo para iniciar uma conversa